31 de ago de 2008

Em busca do pote de ouro


E ao seu pé descança a cidade perdida e que já foi proibida. Que aparece quando convém. Guardada pelos portões cadeados e que só permite a entrada de quem detém. Ao longo da jornada percebemos, o que vale apena é alguém. O arco-íris chamado Belém.

Ao nascer do dia e ao clarear da noite. A lua de utopia encandesce e entontece, na ciranda urticante. És mesmo redundante e contrastante. Na pacata Brás distante. De clãs básbaros e praças verdejante.

Mas quem olha de fora sequer percebe a maravilha que esconde. O pote de ouro é sua relíquia mais preciosa. Conquistada e respeitada pela amizade graciosa. Sútil e gratificante: "Ah, como és valiosa essa conquista audaciosa!"

28 de ago de 2008

Espaço para fotos da galera

Gente, o segundo álbum de fotos está aberto a todos (na coluna à direita). Quem quiser inserir uma imagem, o e-mail é vilabras@yahoo.com.br e a senha, enfoque. Há, ainda, uns 90 mega de espaço disponível. Quando este estourar, poderá fazê-lo (inserir fotos) somente no próximo mês. Penso que cada um pode inserir, em média, duas fotos de sua própria lavra.

27 de ago de 2008

Vamo que vamo!

Ae, blog bombando.
Seguinte, temos que entregar a matéria de capa na próxima terça?

Talentos da Brás


Caminhando pela Brás, Mari e eu acabamos encontrando alguns talentos. Na foto, o grupo Explosão da Dança se apresentando no Festival de Talentos da escola João Goulart.

O Explosão da Dança é formado por crianças da comunidade. Conversando com o Shitz, descobri que o grupo utiliza um espaço cedido pela escola para ensaiar, mas que com a construção da sede da Associação o grupo passará a ensaiar neste local. Assistir essas crianças foi emocionante, mesmo sem estrutura elas fazem bonito e encantam. Talento para essa moçada não falta.

A bola já está rolando

O registro aí é da aula de ontem à noite, 26 de agosto, quando a moçada, já tendo ido à campo, na Brás, começou a redigir os textos do Enfoque. Os moçoilos em questão são Rodrigo Fatturi e Ana Cristina Basei, que, a julgar pelas evidências, farão uma matéria supimpa sobre um certo sonho dos moradores da Brás. Na seqüência a gente vai contando novos detalhes

26 de ago de 2008

Arte para socializar

Olá pessoal! Como não pude participar da saída de campo no último sábado (23/08), busquei outra pauta para o Enfoque. Estive na Vila Brás na segunda-feira (25/08) e descobri o projeto "Descentralização da Cultura", que acontece na escola João Goulart, em São Leopoldo. O objetivo é utilizar a arte como ferramenta de socialização de crianças e adolescentes. O projeto atende jovens com idade a partir dos 11 anos, e desenvolve uma oficina semanal sobre artes, ilustrações e grafite. Objetiva não somente o aprendizado da arte, mas também a redução da violência entre jovens, que segundo o IBGE, concentra-se na faixa etária entre 15 e 24 anos. A oficina é viabilizada pela Secretaria de Cultura de São Leopoldo, que fornece um professor de artes plásticas para ministrar as aulas. Esse ano, o "Descentralização da Cultura" completa três anos, e com resultados muito positivos. O desenvolvimento artístico dos alunos pode ser visto no muro da escola, com o trabalho de grafite produzido por eles durante um ano. Conversei com o professor de artes plásticas, Ernani Chaves, que trabalha há 22 anos com arte-educação, e também, com alguns alunos do projeto. Bom, uma pauta interessante, e que representa um momento de transformação educacional e cultural.

Um novo personagem...

Minha pauta era aquela entrevista com o seu Nadir, que, infelizmente, não estava em casa no sábado. Contudo, os vizinhos dele, seu Lucindo (na foto, à direita) e dona Rita, se dispuseram a conversar conosco (o Ismael fez a entrevista comigo) e fomos até a casa deles. Descobrimos que são moradores da Brás há quase tanto tempo quanto seu Nadir (chegaram lá em 1983). A história deles é a verdadeira "volta por cima", pois tiveram de descobrir uma forma de superar o problema do desemprego: eles abriram há um ano um atelier de confecção de palmilhas para sapatos, que vendem para as fábricas. A trajetória deles pode ser um fio-condutor da historia da própria vila. Mas o resto da história, só nas páginas do Enfoque...!

Aliás, o sábado também rendeu outra pauta, que gostaria de sugerir, sobre a bicicleta como a "melhor amiga" dos moradores da Brás. Rendeu fotos bem legais.

Vila Brás - Produção de conteúdo

Concordo com os vários posts que vi aqui no Blog....
A ida para a Vila Brás foi uma experiência super legal e produtiva....
Todos os moradores nos recebiam muito bem - sempre solícitos e atenciosos.
Realmente, ficou a impressão de que o trabalho do Enfoque Vila Brás é muito apreciado por eles.
Duas coisas:
Eu e o Rodrigo ficamos com a pauta do centro esportivo (que ainda não existe). Depois de muitas andanças pela Vila, acho que encontramos os personagens.... Agora é escrever....
Outra coisa: li que dois colegas estão fazendo uma matéria sobre a falta de Ensino Médio na Vila. Eu e o Rodrigo, casualmente, também entrevistamos uma pessoa sobre isso (temos fotos dela).... Pensávamos em escrever uma pequena matéria... De repente, podemos apenas contribuir com eles...
Bem, em aula conversamos.
Até mais!

Opinativo

Oi professor, tu deixou o artigo e a crônica em aberto. Como estava trabalhando e avisei que não iria no sábado, será que posso assumir um desses? Natacha

Realmente muito bom

Trabalhei em conjunto com a Mari de Borba na pauta da Praça, confesso que foi algo muito bom ao mesmo tempo em que foi muito produtivo. Sem deixar de falar que fomos muito bem recebidas.

Realizamos a entrevista na Praça da Paz com o Luciano Machado, nossa fonte e seus filhos. Nossa pauta tratava do sonho de Luciano ao vir morar na Brás há 24 anos atrás e ter um local para poder andar de balanço, escorregador, enfim. Há dois anos seu sonho se concretizou e hoje é o lugar preferido dos seus filhos. Além da entrevista fotografamos e fizemos também uma enquete com alguns moradores da Brás, questionando a importância da Praça para a vila.

Após termos conseguido tudo o que queríamos tivemos tempo de fazer um lanchinho e tomar a vacina da rubéola.

Espero que todos tenham se sentido tão bem, quanto nós nos sentimos.

Abraços.

Sábado na escola

Preparadas para uma pauta com um pé na polícia, Cíntia e eu acabamos passando a manhã de sábado assistindo os alunos do João Goulart em apresentação de danças.

O Festival de Talentos, que fazia parte da programação da Multifeira, deu aos alunos um dia de estrela. O som era improvisado, o "palco", precário, era invadido por cachorros e brincadeiras de pega-pega.

Mesmo assim, em cárater improvisado, as crianças se preocupavam em não errar a coreografia e sorrir para a platéia.

A importância do Enfoque para a Vila Brás

A saída de campo à Vila Brás foi, para mim, surpreendente. A minha meta era buscar informações referentes à morte do líder comunitário Xexéu, morto em outubro de 2004.
Enquanto coletava informações pude contar com a atenção do professor Demétrio, a colaboração do Shutze na busca das fontes que darão corpo à matéria, a ajuda da colega Úrsula na captura de fotos e até mesmo do namorado, que quis participar da saída de campo para me fazer companhia no sábado, que a meu ver tem que ser um dia de lazer, e acabou pondo a mão na massa também, fotografando alguns desses momentos.
Ao "respirar o ar" da Vila Brás, observei algo que me deixou um tanto feliz: a receptividade da comunidade para com o pessoal do Jornal Enfoque foi maravilhosa.
Nesta primeira saída de campo ficou clara a importância que eles dão para o jornal. Quando me identificava como sendo estudante da Unisinos, repórter do Enfoque, o pessoal abria o coração, conversava tranquilamente e ainda posava para a foto com um belo sorriso no rosto!
Um dos moradores até questionou porque o tiozinho do mercadinho do lado apareceu na edição anterior do Enfoque e ele não! Foi então que aproveitei para fazer a enquete, já que para ele era tão importante assim poder aparecer no jornal.
Acredito que estamos fazendo um ótimo trabalho, parabéns a todos nós.

Vejo que o trabalho...

está bem adiantado! Estou um pouco perdida porque não estive na última aula e não pude ir à saída de campo no sábado. Vamos ver se hoje eu consigo me inteirar mais do que está sendo feito. Acompanhei o que foi feito através do blog. Não escolhi nenhuma pauta pois gostaria de trabalhar com opinião. Hoje a noite pego algumas impressões com os colegas. Até mais tarde!

Experiência Positiva

A "aventura" na Brás foi muito produtiva, superou as expectativas. Acredito que a experiência foi importante para todos. Fomos muito bem recebidos por todos da comunidade. Fiquei surpresa com o respeito que a Brás tem pelo trabalho realizado pelos alunos e como ele é importante para a eles.

25 de ago de 2008

A saída de campo

Na saída de campo neste sábado, alunos de jornalismo da UNISINOS, tiveram mais que uma atividade experimental em jornalismo, uma lição de vida na Vila Brás.

Os alunos participantes da saída de campo à Vila Brás em São Leopoldo, tinham um roteiro ainda sem definição em sua chegada, mas ao adentrar num mundo simplório, de infinitas surpresas e ao mesmo tempo com tantas alegrias. O movimento de pessoas de diversas idades, a receptividade e a empolgação deixaram grandes expectativas nos aspirantes a jornalistas.

Mais que um trabalho de reportagem para o Enfoque, um exercício de cidadania para a turma, foi assim pra mim e acredito que para os demais colegas também.
A satisfação foi geral, como cães em sua essência farejando comida, os alunos em sua perspicácia sedentos de pautas, buscavam histórias, fotos, imagens tudo que pudesse servir como instrumento para o jornalismo.

Saldo positivo

Pelo que tenho visto, a saída no sábado foi bem produtiva, né? Agradecendo aos elogios do Fabiano, trabalhar com ele também é ótimo! E agradecendo à Úrsula, que levou o maravilhoso chimarrão!

Como nossa pauta era sobre educação, tivemos sorte da escola estar aberta, com atividades no sábado. Conversamos com a diretora, com alunos, professores... Conseguimos duas fontes muito boas: uma aluna que passou a vida escolar na Brás e agora se desloca pro Centro pra fazer o Ensino Médio; e outra que, também, era aluna no colégio João Goulart e agora estuda na Scharlau, tendo que atravessar a BR diariamente.

Eu e o Fabiano que demos sorte ou vocês também acharam os moradores da Brás solícitos? Enfim, me senti muito bem lá. Acredito que faremos um ótimo jornal.

Abraço!

Utilidade máxima

Valeu muito ter passado a manhã de sábado na vila.
Patricia e eu conseguimos boas matérias. Apesar de termos fugido um pouco da pauta inicial, (pois não considerávamos tão boa) outras quatro apareceram.
Terça inciamos processo textual, afinal, a apreensão foi realizada em dupla.

Palavra do Professor



O professor Demétrio fala sobre a nossa primeira saída de campo, e a importância da "prática" do Jornalismo.

24 de ago de 2008

Bem legal

Olá pessoal,
Em primeiro lugar, gostaria de dizer que trabalhar com a Dani Bittencourt é uma maravilha. Ela é dinâmica, educada e faz entrevistas muito completas. Além disso, tem um ótimo astral. Nossa pauta trata da necessidade de instauração do ensino médio na região. Realizamos entrevistas muito interessantes com alguns estudantes, pais e representantes educacionais. Não tenho informações aqui, pois estas, estão com a minha parceira. Posso dizer que gostei muito desta saída de campo. É muito estimulante o fato de produzir matérias que possam ajudar no desenvolvimento daquela comunidade. Era isso. Um abraço!

23 de ago de 2008

Primeira incursão aos recantos da Brás

Na foto, o registro de nossa primeira incursão aos recantos da Brás. Aos meus olhos, uma manhã de sábado e sol bem bacana: saímos da Unisinos às 9h15 e, 15 minutos depois, cada grupo, duplas e trios, já estava perambulando pelos recantos do bairro em busca das pautas pré-combinadas e das que, sabíamos, surgiriam ao longo do caminho. A tarefa foi facilitada, em muito, pela presença do Schütz (lá atrás, de boné) e do Luiz (à esquerda, olhando para rua), da Associação dos Moradores, que estiveram à nossa disposição a manhã inteira e que deram dicas bem legais. Bueno, a julgar pelos relatos que ouvi quando do retorno dos grupos, já no final de manhã, penso que teremos uma edição bem bacana do Enfoque Vila Brás, que começa a ser redigido na terça. Competência a moçada tem de sobra. Então é fazer acontecer.

22 de ago de 2008

Realmente, não há como saber a relação de igrejas existentes na Brás sem ir até lá.
O que se encontra na internet, nas listas, são apenas as igrejas católicas, sendo que as evangélicas, provavelmente são a grande maioria, mas não têm nenhum registro.
Entrei em contato com a Prefeitura mas me informaram que não há no município um controle sobre o número de instituições religiosas.
Na reunião de pauta o membro da Associação dos Moradores falou em mais de cem. Um grande número, mas que precisaria ser confirmado então.

Saúde na Vila Brás

Falei com a Secretária da Saúde de São Leopoldo e a Vila Brás recentemente ganhou um novo Posto de Saúde, a Unidade Básica de Atendimento (UBA), inaugurada em dezembro de 2007.
Na unidade, os moradores são atendidos através do Programa da Saúde Familiar (PSF). São duas equipes, cada uma composta por um médico geral, um dentista, um enfermeiro, dois técnicos em enfermagem e de seis a oito agentes (os agentes são treinados para fazer visitas aos moradores, para levar até eles informações sobre saúde, planejamento familiar, etc).
O horário de atendimento da unidade é das 8h às 12h e das 13h30min às 17h.

Pautas-base do primeiro Enfoque

Moçada, a Fahra gentilmente anotou e eu repasso as pautas que discutimos no encontro de terça-feira com os representantes da Brás, ainda em aula
Lembrando sempre que este é um indicativo inicial; tipo pra começo de conversa, e que novas e sucessivas pautas devem surgir dos trabalhos de amanhã.
Outra coisa: não esqueçam sas enquetes, ok?
Cada aluno deve perguntar a pelo menos um morador da Brás - diferente de seu case, claro - "Pra onde vai a Brás?", não esquecendo a identificação (nome completo, idade, profissão etc.)
As pautas:
1 "Seu" Nadir - Juliana (sugiro um ping-pong)
2 Luz na Brás - Gustavo e Vanessa
3 Fronteiras - Mariana e Cíntia
4 Êxodo rural às avessas - Auryane Borges
5 Regularização fundiária - Kássia
6 Centro Desportivo - Rodrigo e Ana
7 Pra onde vai a Brás? - Fernando, Ismael e Juliana (centrais, com vocação de capa. A Natacha está providenciando a arte com o mapa da Vila)
8 Obra da Associação - Fahra
9 Plantio de mudas - Maria Ivana e Grazi
10 Praça - Aline e Mariana
11 Multiplicação das Lan Hause - Manuela
12 O Mártir da Brás - Fahra e Pauliana
13 Aspirina às 4h - Úrsula
E a questão da opinião? Eu farei o editorial. Podemos pensar em artigo, crônica....

21 de ago de 2008

Saída de campo II

Moçada, comprei plásticos para os crachás de identificação que o Marcelo fez para a gente e que eu distribuirei a todos no sábado pela manhã.
Teremos duas máquinas da AgexCom à nossa disposição neste dia.
Além disso, como vocês sabem, quatro alunos de fotografia do professor Flávio Dutra irão nos acompanhar. O pessoal da turma de fotografia será responsável, principalmente, pelas fotos da capa e matérias principais. Vamos sair em duplas ou trios, em especial os que levarem junto de si equipamento fotográfico.
Que mais...
Ia esquecendo: bons repórteres, caso de vocês, nunca voltam da pauta sem novas pautas para além da tarefa pessoal. Ou seja, resolvem suas próprias pautas e trazem outras, para as demais edições. É o que gostaria que vocês fizessem no sábado, ok?
Abraço a todos.

Saída de campo

Horário da saída: 9h (horário de Brasília) ;.)
Da onde: do recuo do Ginásio, bem em frente à parada do Centro 3, do lado de lá da avenida interna.
Horário de retorno: 12h (vulgo meio-dia)
O que levar: empolgação, curiosidade, caneta, bloco, gravador etc
O que não levar: pulseira de ouro que ganhou da vó e objetos parecidos... Meninas, evitem levar bolsas cheias de coisas caras.

No mais, boa viagem!

Pautas do Enfoque

Algumas colocações de minha parte.
Primeiro: gostei da reunião de pauta que tivemos. Achei o "Shitz" uma figura bem interessante....
Segundo: Eu e o Rodrigo ficamos com a pauta do centro esportivo - que ainda não existe e, segundo eles, é uma das principais reivindicações dos moradores da Vila hoje. Acho que se acharmos os personagens certos (gurizada que pratica sempre o seu esporte preferido mesmo sem a infra-estrutura adequeda) dará uma boa matéria. Vou tentar descobrir junto à Prefeitura e à Câmara como está a questão da obra.

Para a colega Raquel Bitencourt: as pautas já estão definidas. O professor Demétrio e a nossa colega Fahra podem te passar, pois lembro que eles anotaram. A princípio, nossa matária de capa é: Para onde vai a VILA BRÁS? - partindo do gancho histórico do primeiro Enfoque sobre a Vila Brás (2004, se não me engano), vamos traçar uma retrospectiva e fazer projeções quanto ao futuro do local e da comunidade. É mais ou menos isso.
Me corrija, se eu estiver equivocada, professor.

Era isso.
Até sábado!

20 de ago de 2008

Os limites da Brás

Bom, sobre a pauta "Até onde vai a Brás", acredito que seria interessante (além dos numeros s/ área, terrenos legalizados ou não, nº de residências, população, etc) entrevistar que vive "nos limites da Brás". Como é morar na 'beira' da Mauá, ou no outro extremo, a beira do rio - uns sofrem com a proximidade da rodovia, outros com a distância, já que a vila se expandiu tanto que "não tem mais para onde ir". Um exemplo até já foi citado na reunião: os que moram perto da Mauá conviviam com a escuridão do lugar, pois não havia iluminação às margens da rodovia, agora vão instalar (ou já instalaram?) postes de luz nessa região. Já quem mora mais perto do rio deve viver o problema das enchentes com mais frequência...

Pautas

Olá, gostaria de saber as pautas já definidas para a próxima edição do enfoque, e qual a matéria de capa.Faço parte da turma de fotojornalismo do professor Fávio Dutra e pretendo ir junto com vocês na Vila Brás no sábado.Gostaria de saber também como, onde e que horas será o transporte.
Obrigada!

Contato com o IBGE

Entrei em contato com o IBGE(Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) de São Leopoldo para me informar sobre o número de pessoas residentes na Vila Brás.

A contagem da população feita em 2007 não foi discriminada, pelo menos por enquanto, por bairros. O último ano em que isso foi feito, aconteceu em 2000. Para eles, a Vila Brás está inserida no Bairro Santos Dumont:

Número de homens: 8000
Número de mulheres: 7.956
Total: 15.956
Domicílios ocupados: 4.329

Fonte: IBGE São Leopoldo/Censo 2000.

Não sei se isso nos ajuda muito, mas já é um número para tomarmos como base.

Abraços!

Pra não dizer que não falei de flores

E a categoria opinativo, à revelia do gênero - crônica, artigo, ensaio, editorial etc. - não será contemplada no Enfoque?

Protesto

Venho por meio desta, fazer um protesto contra o blog do professor Demétrio! Na coluna da esquerda há um ítem chamado Blogs Bacanas. Pois bem. Há uma série de blogs realmente interessantes e bacanas neste ítem. Mas, alí, não consta o nosso blog Enfoque Vila Brás.

Estamos no aguardo de uma divulgação do nosso blog no espaço dos "Blogs Bacanas".

Um abraço.

Jornal Enfoque começa a ganhar forma

A noite de terça, 19, foi muito legal para a turma de Redação Experimental em Jornal da Unisinos em 2008/2. Isso porque, de um lado, recebemos a visita de representantes da Associação de Moradores da Vila Brás, mas também porque, desta, surgiram pautas muito legais para o jornal Enfoque, que começamos a construir desde a semana passada a partir das pesquisas individuais da turma. Outra boa-nova é que, nesta etapa, quatro alunos de fotografia do professor Flávio Dutra irão conosco à Brás, o que nos ajuda, para além dos nossos talentos individuais, em termos de composição de capa, que já está em processo, diga-se. Quem está sendo muito importante neste percurso, para além do projeto gráfico, que está sendo (re) elaborado, é o Marcelo Santos, diagramador da AgexCom. Ontem, por exemplo, foi ele quem fez a ponte entre os moradores e a sala de aula. O crédito da foto acima, por sinal, é dele. Isso tudo junto, mais o que coletarmos na saída de campo de sábado, 23, sugerem que temos boas perspectivas em termos de jornal pela frente. Então, é fazermos acontecer.

18 de ago de 2008

Escolas - atualização

Além das duas escolas citadas pela Dani, há mais duas escolas municipais que não ficam exatamente dentro da Brás, mas também atendem os alunos de lá:

Edgar Coelho, com cerca de 300 alunos
Padre Orestes, com 582 alunos

Eleitores da Vila Brás

Olá colegas!
Dentro da Vila Brás há apenas uma seção eleitoral, que fica na Emef João Goulart. Nesta, o número de eleitores é de 3.981. Há outra seção que fica próxima, mas não é na Vila, é no Bairro Santos Dumont (Escola Firmino Cauan) - tem 4.840. Contando o número total de eleitores de São Leopoldo (147.995), a Vila Brás possui 2,6% do eleitorado.
Tentei levantar o eleitor mais antigo no Cartório Eleitoral , mas esse tipo de dado não pode ser divulgado, pois é considerado pessoal. Talvez os líderes comunitários possam ajudar nesse ponto, apontando pelo menos aqueles que imaginam ser os eleitores mais antigos...
Abraços...

17 de ago de 2008

Habitação e localização

Então, só eu que estou com dificuldades de contato com as secretarias da Prefeitura? Ano eleitoral, morosidades e mais burocracias. A Sehab quer, para dar as informações, que protocolemos um pedido formal. Malditos estagiários. Tinha combinado com um para uma visita, e ele esqueceu de avisar que estaria de folga. Mas consegui umas informações que podem interessar a muitos:

- Dia 28 de agosto haverá um encontro com os representantes da Região Nordeste do município [onde está inserida a Brás]. Será das 13h30 às 17h30, na escola Municipal Maria Edila da Silva Schimidt e terá a particição da Associação de Moradores da Vila Brás, Associação de Moradores do Rio dos Sinos, Associação Meninos e Meninas de Progresso (AMMEP), Centro Medianeira, Cooperativa de Educadores (Coopse), Cooperprogresso (Cooperativa Habitacional), Cruz Vermelha, Grupo Missionário SOS Criança, Itapuy e Unisinos.

- E dia 11 de setembro haverá outro encontro, na Escola Municipal Edila da Silva Schimidt, das 13h30 às 17h30. Com a Secretaria de Assistência, Cidadania e Inclusão Social [organizadora dos dois encontros], CRAS Centro, Secretaria da Cultura, ... de Educação, Esporte e Lazer, ... de Habitação, .. de Saúde, ... Segurança Pública e 2ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE).

Sobre o mapa da Brás, que alguém pediu ai. É meio complicado. A Brás não é um bairro, é uma vila mesmo. No mapa que tenho em mãos [e se minhas informações/orientações estiverem corretas], a Brás fica no Santos Dumond [onde no post anterior alguém fala nesse bairro como se fosse outro lugar...]. A região é próxima de Novo Hamburgo. Terça levo o mapa e tento mostrar mais ou menos onde fica.

Aproveitei sexta-feira que fui até a Prefeitura de São Léo e voltei com o ônibus que passa naquela região. Do que me lembrava de antigamente, muita coisa mudou. A área de abrangência da vila praticamente dobrou. Muitas residências novas em ruas recém abertas e com infra-estrutura precária. Reparei também na ocupação de uma área invadida cuja placa informa ser uma propriedade de preservação natural.

16 de ago de 2008

Religião

Pessoal, por enquanto o que achei de mais relevante sobre igrejas e templos na Vila Brás foi o seguinte:

Comunidade Sagrada Família
Av. Leopoldo Wasun, s/nº.

Igreja Cristo Operário
Rua 10, s/nº.

Igreja Ministério A Glória de Deus
Av. Leopoldo Wasun, 1341.

Casa de Oração
Av. Leopoldo Wasun, 515.

Igreja Nossa Senhora dos Navegantes
Rua 25, 140.

Na Vila Brás, igrejas são locais não só para orações, mas também para a realização de oficinas, palestras e vacinações.

15 de ago de 2008

Escolas na Brás

Pessoal,

Entrei em contato com a Secretaria da Educação. Me informaram que há, na Brás, duas escolas, uma de Ensino Fundamental e outra de Educação Infantil. De Ensino Médio existe uma apenas no bairro Santos Dumont, que é próximo, mas não na Brás. Abaixo seguem as infos de cada escola. Qualquer nova informação a gente avisa.
Abração e até terça!


Escola Municipla de Ensino Fundamental João Goulart
(aproximadamente 1554 alunos - inclui alunos do EJA, que têm aula à noite)

Rua Leopoldo Wasun, s/nº
CEP 93115-380
Vila Brás
Telefone 3568-4050


Escola Municipal de Educação Infantil Girassol
(aproximadamente 132 alunos, de 0 a 6 anos)
Rua Leopoldo Wasun, s/nº
CEP 93115-380
Vila Brás
Telefone: 3572-5610

14 de ago de 2008

A Curupira na Vila Braz

Oi pessoal ufa! Finalmete consegui postar, não sou tão boa com essas ferramentas!!!!

Fui pesquisar sobre as ongs que atuam na Vila Braz e encontrei a Curupira, que recebeu o certificado de adesão ao projeto Ipê amarelo, no dia 23 de julho. A ONG vai colaborar com a concientização ambiental das pessoas daquela comunidade., numa parceria com a Secretaria do Meio Ambiente. A Curupira, que há muito tempo atua no Brasil nas regiões norte e nordeste, tem o caráter sócio-ambientalista, inspirada nos ideais de liberdade, de respeito pela diferença.

Legislativo - contato estabelecido

Oi Prof. e galera da turma.
O meu contato com a Câmara de Vereadores de São Léo foi finalmente estabelecido.
Mandei um e.mail e a jornalista Beatriz Sallet (que é professora da Unisinos) me ligou.
Até segunda ela vai passar informações sobre a relação Legislativo e Vila Brás.
Pelo que ela já adiantou, existem diversos projetos voltados à comunidade do Bairro.
Até a nossa de reunião de terça-feira, acredito que estaremos (eu e Rodrigo) melhor informados sobre o nosso item da pesquisa (e com algumas sugestões de pauta).
Abs.

Turmas de fotografia se integrarão à disciplina

Pessoal, o professor Flávio Dutra, das disciplinas de Fotojornalismo e Projeto Experimental em Fotografia, a partir de contato com o professor Behs, demonstrou interesse em trabalhar conosco no Enfoque Vila Brás. Gosto da idéia por vários motivos, entre elas o fato de, assim, podermos ampliar ainda mais as possibilidades de nossas matérias, mas também porque se trata de uma oportunidade bem legal de a moçada da fotografia exercer seus dotes na prática. Isso não significa que não tenhamos de resolver alguma coisa em fotografia, mas com certeza qualifica ainda mais o resultado de um modo geral. Sob outro ângulo, penso que, com isso, ampliam-se também as possibilidades em termos de projeto gráfico. Ou seja, ganhamos todos. Falarei com o professor Flávio Dutra na terça, 19, antes da aula, e, se possível, convidá-los-hei a participar dos trabalhos. Que lhes parece a idéia?

13 de ago de 2008



Saudações a todos os alunos-repórteres do Enfoque Vila Brás. Para quem não me conhece, sou Marcelo Garcia, jornalista formado na casa, responsável pelos projetos gráficos e diagramação das publicações do Curso de Jornalismo da Unisinos. Estou desenvolvendo uma nova leitura gráfica para o Enfoque. Ao lado, vocês podem clicar e acompanhar as primeiras pinceladas do novo layout. O novo Enfoque será menos Diário Gaúcho, em comparação com as edições anteriores. Estou tentando dar uma identidade própria para o jornal. A começar pela cartola de página, que ganhou um ícone. Cada cartola (esporte, gente, saúde etc) terá um desenho diferente ao seu lado, com a intenção de agilizar a leitura. As linhas de apoio serão cercadas por uma caixa cinza, que poderá ter toda a extensão da página (como na foto) ou em apenas duas colunas. Minha preocupação aqui era dar destaque a esse texto, normalmente tão apagado nos jornais por aí. Outro detalhe é a presença de um pequeno ícone ao lado da assinatura do texto (uma mão com um lápis) e do crédito da foto (uma câmera fotográfica). Achei interessante dar um destaque gráfico a esses dois elementos. Inicialmente fiquei grilado sobre eles, pois parece que estou subestimando a inteligência do leitor. Mas acredito que eles funcionam bem graficamente. O projeto gráfico ainda está em desenvolvimento e terá novidades em breve. Ainda preciso desenvolver o layout de pequenas notas, de boxes, e da página 2, que possui um expediente bem complexo. Se alguém quiser dar alguma luz, é só falar. Abraço a todos.

Legislativo

O contato com a câmara de vereadores de São Leopoldo está um pouco difícil....
Já liguei umas quatro vezes e nunca a pessoa que poderia me atender está lá....

As informações preliminares que tenho são:

A câmara é composta por 13 vereadores:
1 PSDB - 1 PSB - 1 PRB - 2 PP - 1 PV - 1 PDT - 3 PMDB - 3 PT.

O site da câmara é bem simples e tem pouca informação.

A parte de imprensa é precária: entre as notícias que constam, a última atualização é de 30/07. Também existem os canais TV e Rádio Câmara, onde estão arquivos das sessões do legislativo.
Isto também está bem desatualizado, pois os últimos arquivos são de 17.06.

Hoje à tarde, ligarei novamente para a câmara.

Ah! Pelo que li, a Vila Brás tem aproximadamente 15 mil habitantes.

Unisinos discute o diploma de jornalismo

Ainda que não diretamente relacionado ao Enfoque, mas considerando que ontem, 12, não tivemos aula para participar do evento em questão, vale o registro das discussões em defesa do diploma de jornalista que tiveram lugar no Auditório Central da Unisinos ontem. A mesa, coordenada pelo professor Juan Domingues e composta pelo presidente do Sindicato dos Jornalistas no Estado, José Nunes; pelo professor Pedro Osório, representando o corpo docente da graduação; pelo professor Antônio Fausto Neto, este em nome dos professores do PPGCom; além de Daniel Zanini Filho, correspondente em Brasília da rede de televisão multi-estatal venezuelana TeleSur, abordou a perspectiva - mais que real, muito possível - de o Supremo Tribunal Federal (STF) invalidar a necessidade de diploma para o exercício do jornalismo. Aos meus olhos, uma noite particularmente importante para o jornalismo, à revelia de sua instância (formação, pesquisa ou exercício), em que os alunos da Unisinos usaram com propriedade seu direito de perguntar. E de serem ouvidos, portanto.

12 de ago de 2008

Informações da Justiça e mapa da região

Pedi informações à Defensoria Pública sobre o número de atendimentos a moradores da Vila Brás, mas ainda aguardo resposta. Também vou tentar no cartório eleitoral o nº de eleitores da região (bem oportuno para a época), além de falar no Ministério Público e Fórum.

OBS: alguem consegue localizar a Vila Brás no Google Earth e postar no blog? Seria o máximo...

Entrando em contato

Não é imediato, nem de terceiro grau, mas encaminhei e-mails para saber se existe algum projeto relacionado à preservação do meio ambiente na Vila Brás.
Ainda aguardo retorno.

11 de ago de 2008

Saúde - Vila Brás

O que eu coletei até então:

Posto de Saúde Vila Brás
Serviços: Clínica geral, odontologia, ginecologia e equipe PSF.
Rua Leopoldo Wasum, s/nº - Vila Brás
Tel.: 3572.4614

Video feito no dia da inauguração:
http://br.youtube.com/watch?v=PYgUQUg2Kq8

Qual é a cara da Vila Brás?

Eu de novo, gente. Na aula passada, combinamos que cada um de nós levantaria um aspecto da Brás como forma de, a partir da reunião de pauta que teremos com as lideranças comunitárias do bairro na semana seguinte, e de nossa visita à comunidade, termos melhores condições de construir um perfil bem bacana da comunidade. Dados desde população, serviço de saúde, segurança. infra-estrutura, população, ONGs etc. Minha sugestão é que, em vocês já dispondo dos dados coletados, postem comentários no blog, na forma que melhor lhes aprouver, com seus achados. Desta forma, as informações poderão ser compartilhadas por todos.

Nova data para a primeira reunião de pauta

Sejam bem-vindos ao nosso blog, moçada.
Escrevo para dar um primeiro alô geral à turma, mas também para lembrar que, devido ao seminário que teremos na Unisinos dia 12 para discutir a questão do diploma junto do pessoal do Sindicato dos Jornalistas e da SBPJor, mais um jornalista convidado, nossa agenda de trabalho sofrerá uma alteração. Ou seja, nossa primeira reunião de pauta será dia 19 de agosto, e a saída de campo no sábado seguinte, 23 de agosto.
Grande abraço a todos.