28 de fev de 2009

O momento da chegada ao coração da Brás

A foto acima, "tirada" com uma Sony DSC-W130 Super SteadyShot 8.1 mega pixels, por este que vos escreve, registra o momento da chegada dos alunos da disciplina de Redação Experimental em Jornal da Unisinos à Vila Brás, pouco depois das 9 horas deste sábado. A missão: dar início à cobertura daquele que será o primeiro jornal Enfoque Vila Brás da disciplina neste primeiro semestre de 2009. Pelo que pude observar ao longo da tão úmida quanto abafada manhã, que se iniciou com chuva mas ficou bacana na seqüência, o jornal promete, basicamente porque talento é o que não falta nesta galera. É aguardar, então.

27 de fev de 2009

O mapa da Vila


Muitas vezes, como a colega Anaiara, já tive que pegar o ônibus que passa na Brás. A empresa Central que faz o transporte entre Novo Hamburgo e São Leopoldo possui um linha que faz um tour pela Vila Brás. 

Sim, parece uma viagem turística, daquelas em que os passageiros não têm pressa e a fazem para explorar a paisagem. A sensação de passeio é completa quando você  percebe que o coletivo leva uns quinze minutos rodando na Brás e retorna para a avenida Mauá quase no mesmo ponto.

Da mesma forma que a colega, eu também prefiro pegar outro ônibus em vez do Brás, porém quando eu vou entrando na Vila me bate uma curiosidade de ver o que está rolando naquela comunidade, como são os tipos que lá vivem e o que estão fazendo. 

De certa forma, eu sinto que as pessoas do lado de fora nos observam também como turistas. Pessoas estranhas àquela área e que por alguns instantes invadem a vila sem pedir licença e vivem um pouco daquela realidade.


Onde fica a Brás?

Na véspera da primeira saída a campo da turma de Projeto Experimental em Jornal 2009/1, para a produção do jornal Enfoque Vila Brás, resolvi procurar saber um pouco mais sobre a Brás.
Para minha surpresa, o mapa da cidade, disponível no site oficial da Prefeitura Municipal de São Leopoldo, não apresenta a Vila Brás. No mapa, no lugar onde seria a mesma, é apresentado o Bairro Rio dos Sinos.
A impressão que dá é a de um certo preconceito com o termo Vila. Assim como a Vila Tereza, passou a ser chamada de Bairro Santa Tereza, além de outros casos. Na minha opinião, uma tremenda bobagem. Afinal, em cidades como São Paulo, certas Vilas são justamente o charme da cidade, como é o caso das super badaladas Vilas Madalena e Mariana.
Claro que o contexto é outro, apenas acho que o fato de o local ser conhecido como Vila não deveria ser demérito a ponto de ter que trocar o nome para Bairro.
Enfim, independente dos motivos que levaram a Prefeitura de São Leo a omitir o nome da tradicional Vila no mapa da cidade, podemos dizer que a Vila Brás, centro de nosso trabalho no semestre, fica onde a Prefeitura apresenta o Bairro Rio dos Sinos e um pedaço do Santos Dumont no mapa da cidade, próximo ao dique.

26 de fev de 2009

Reunião de Pauta

Está se aproximando o dia da reunião de pautas com as lideranças da vila Brás. A ansiedade é grande. Um abraço.

24 de fev de 2009

Para quem ainda não tem conta no Google

Moçada, esta é para quem ainda não postou no blog porque não possui uma conta no Google, item exigido pelo Blogger.
O caminho é o seguinte:
1 Vá em https://www.google.com/accounts/Login
2 À direita, embaixo, está escrito "Você não tem uma Conta do Google?", e, abaixo, a frase/link: "Crie uma conta agora". Clique no link.
3 Abrirá uma tela intitulada "Criar uma conta do Google", Preencha os dados que são solicitados.
4 Neste mesma tela está escrito, lá embaixo, "Aceito. Criar minha conta". Clique ali e sua conta estará criada.
Geralmente dá certo.
Um grande abraço a todos.

A realidade dos que vivem à margem

Moçada, este posto é a pedido do colega Keiser Konrad, por e-mail:
"Muita gente diz que vila é lugar de bandido, uma inverdade que também não foge da realidade. O certo é que a marginalia busca estes locais para se refugiar e promover suas atividades ilícitas. Ao se misturar às famílias honestas e de baixa de renda, eles fazem o controle da área e comandam seu pequeno Estado, impõem suas leis através da coerção.
A última vez que estive numa área dessas foi no fim de janeiro deste ano. Estava iniciando uma série especial com o Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar. Fui acompanhar uma missão real com as Patrulhas Especiais – o nosso BOPE - na Vila Cruzeiro (POA) e numa área adjacente conhecida com o sugestivo nome de Buraco Quente.
A operação era de caça ao bandido mais procurado do RS e seu desenrolar foi trágico e custou a vida de um policial militar. Na Vila Brás não espero tiros e nem a emoção de uma cobertura policial. A expectativa profissional é de mostrar um pouco da realidade daqueles que vivem à margem da sociedade.
Para quem quiser acompanhar um pouco do trabalho que fiz na Vila Cruzeiro, assista aos vídeos de apoio que fiz para complementar minhas reportagens: Delocamento do comboio do BOE e Patrulha a é do Buraco Quente.
Um forte abraço
Konrad"

23 de fev de 2009

Vamos à Brás

Olá Colegas...
Não vejo a hora de ir até a Brás e conhecer toda as pessoas e a comunidade em geral. Achei muito interessante o jornal e todas as histórias contadas pelos outros colegas. Com certeza vai ser uma experiência incrível para nós como futuros jornalistas. Acho que essa cadeira vai proporcionar para nós muito mais do que Jornalismo Popular mas também um outro olhar como pessoas. Estou bem animada!!!

Caros colegas

Acredito que essa experiência na Brás será mais que importante para nosso aprendizado como estudantes acadêmicos, será gratificante para nós como pessoas. Particularmente, tenho uma profunda curiosidade sobre esta vila. Lá passo muitos dias quando perco o ônibus mais rápido de se chegar à Unisinos. Aí penso: “Ah não! Vou ter que pegar o Brás... Explico: perde-se no mínimo 10 minutos neste trajeto e como sempre (assim como a maioria) estou em cima do laço. Mas quando entro com o ônibus na Brás, nossa! É outro mundo. Conheço muitos outros lugares com características similares a da Brás (economicamente falando), mas nenhuma que conheço se iguala. Acho que é uma energia diferente. E como vi nas reportagens do Enfoque e de conversas com quem mora lá, cheguei a conclusão de que é uma energia de progresso comunitário. Lá existe um sentido coletivo muito forte, o que pode até ter seus contras, como já observou um conhecido que por lá anda. Estou aberta a discussões depois de conhecermos real e intimamente o lugar. Até sexta. Anaiara V.

Nossa oportunidade

Observar. Estar atento a tudo. Esta é uma das principais dicas encontradas em livros sobre o jornalismo. Frequentemente os professores nos lembram da importância da observação na vida de um repórter. Prender-se a cada palavrinha que nos dirigem não é o suficiente.

No livro A arte de fazer um jornal diário - que todos conhecemos bem, diga-se de passagem -, Ricardo Noblat aconselha: "Vejam mais e ouçam menos. Deem menos importância a declarações e descrevam mais o que viram. Ou reconstituam o que não puderam ver".

Seguir este conselho parece uma ótima alternativa para o trabalho que desenvolveremos no Enfoque. Me parece também que nesta disciplina teremos de fato a oportunidade de pôr em prática o que aprendemos.

Enfim, espero que todos tenham um excelente trabalho durante o semestre!

21 de fev de 2009

Muito animada!!!!

Oi professor!!! Aqui estou eu, passando para dar uma conferida no blog e dizer que estou bem animada para o nosso semestre e também para as saídas a campo. Um pouco assustada, claro, mas normal! Bom findi e ótimo carnaval a todos.... e até a nossa reunião de pauta!!!!

Sejam bem-vindos ao Blog do Enfoque

Moçada, com este post considero abertos os trabalhos do semestre 2009/1 da disciplina de Redação Experimental em Jornal. Sejam bem-vindos, pois.
Alguns lembretes:
1 As datas de saída à Brás, conforme combinamos na aula de hoje, serão 28 de fevereiro, 04 de abril e 30 de maio. Qualquer alteração que se fizer necessária será tomada em conjunto com a turma.
2 Na aula que vem, dia 27 de fevereiro, teremos reunião de pauta com lideranças comunitárias da Vila Brás. Os trabalhos se iniciam às 19h30 e seguem até o intervalo, 20h45. Depois disso definiremos, professor e alunos, o que iremos cobrir na primeira saída de campo.
3 Ao longo desta semana, estudem, conforme combinado, as edições anteriores do Enfoque. As do semestre passado estão lincadas na coluna à direita deste blog.
4 No mais, este espaço existe, em primeiro lugar, para que possamos estabelecer diálogos para além da sala de aula, mas também para exercitar novos formatos de linguagem (áudio, vídeo etc.) Usem-no, pois.
Um grande abraço e bom carnaval.
Falamos na semana que entra.

6 de fev de 2009

Telewebjornais

Desejos dos moradores para 2010


Produzidor por: Chatierine Hoffmann

Manhã na Brás


Produzido por: Márcio Sardá

Enchentes na Vila Brás


Produzido por: Daniela Machado

Natacha e os cachorros da Vila Brás (Parte 1)



Produzido por: Elisandra Borba

Natacha e os cachorros da Vila Brás (Parte 2)


Produzido por: Elisandra Borba

Produção de copos


Produzido por: Elisandra Borba

Segundo teleweb do segundo semestre (Parte 1)

Produzido por: Bárbara Keller e Pedro Foss

Segundo teleweb do segundo semestre (Parte 2)


Produzido por: Bárbara Keller e Pedro Foss

Segundo teleweb do segundo semestre (Parte 3)


Produzido por: Bárbara Keller e Pedro Foss

Programa Escola Aberta - entrevista com o coordenador


Produzido por: Roberta Pacheco

Primeiro teleweb do segundo semestre de 2009 (Parte 1)


Produzido por: Bárbara Keller e Pedro Foss

Primeiro teleweb do segundo semestre de 2009 (Parte 2)


Produzido por: Bárbara Keller e Pedro Foss

Vídeo institucional do primeiro semestre de 2009


Produzido pela equipe de TV da Unisinos

Programa 05



Programa 04 (exibido entre 10 de maio e 20 de maio de 2009)




Programa 03 -
Um bate papo rápido com Izaias (exibido entre 24 de abril e 01 de maio de 2009)


Produzido por: Simone Bertuzzi, Márcia Lima, Fernanda Mineiro

Programa 02 -
B-boys na Brás (exibido entre 13 e 23 de abril de 2009)

Produzido por: Fernanda Calegaro


Programa 01 - Enfoque Vila Brás (exibido entre 06 e 13 de abril de 2009)


Produzido por: Márcia Lima